CAMINHANDO NO SOBRENATURAL PARTE 1

Categories: Estudos,Palavra de M12

… nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.” (II Coríntios 4:4)

Verdade Central: Caminhar no sobrenatural é um convite para uma mudança radical, é estarmos dispostos a tomar posições, movendo-nos de forma que, os que estão conosco, almejem esse estilo de vida. É uma tomada de posição, de olharmos para outrora e sempre nos avaliarmos, dizendo que os dias passados não são nada como os dias presentes, e os dias que virão serão maiores que tudo isso. É como se decidíssemos entrar em um nível de intimidade com Deus, com o coração disposto integralmente a anular a vida limitada que possuímos e entrarmos no coração do Pai para tirarmos a essência e o sentido da vida. Somos impelidos a buscar o conhecimento da Glória de Deus.

Introdução: Paulo ensina que há um mergulho no Evangelho, o Evangelho da Glória de Cristo. Porém, por cegueira espiritual, muitas vezes estamos em verdadeiras amarras e vivemos como que por sombra e não essência. “… nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.” (II Coríntios 4:4)

Muitos líderes não saem do superficial; é como a dona de casa que se contenta em cozinhar o feijão e o arroz, o básico, e já o faz com destreza. Mas quando é desafiada a algo mais profundo, que exija no seu universo muito mais do que ela tem para dar, ela convoca um especialista ou contrata alguém que domine melhor o seu espaço.

Estamos como alguém que culinariamente não se aprofunda… Assim está o nosso conhecimento de Deus, no superficial.“Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” (Oséias 6:3). Sabedores que não é fácil conhecer a Deus, precisamos achar as pistas pelos princípios da Sua Palavra. Caso contrário, seremos como Felipe pedindo sempre ‘mostra-nos o Pai’, e ouvindo a resposta de Jesus ‘já estou com você há tanto tempo e ainda não me conheces? Quem vê a mim vê o Pai, quem vê o Pai vê a mim, porque eu e o Pai somos a mesma pessoa’ (João 14:8,9).

Para caminharmos no sobrenatural precisamos de sentimento profético para vermos além do alcance pelos próprios olhos. É preciso não se dobrar, não se vender, não se entregar, ser persistente no que diz respeito à responsabilidade espiritual.

O sobrenatural

O sobrenatural é estar atento à verdade de Deus e não querer apenas sentir arrepios (embora seja lícito) de falar em línguas, profetizar, desejar ver a carruagem de fogo passar ou desejar ser um Enoque para ser transladado… Está para muito mais além disso.

Sobrenatural é uma mudança radical no caráter, onde os líderes se unirão em torno do NOME para dentro da promessa do Evangelho do Reino e assim possam ver uma Nação que não perdeu a sua meta e está devolvida ao Primeiro Amor. Vamos entrar nos portais da promessa como o ícone da mudança de um todo que está ao nosso redor.

A restauração dos ministérios é demasiadamente importante, como os Apóstolos, Profetas, Evangelistas, Pastores e Mestres. São verdades essas que não devemos subestimar, e se abre o leque para sinais, prodígios, maravilhas e milagres. De fato, são os dons espirituais em operação. Precisamos nos mover nos dons para compreender a proposta de Deus para o sobrenatural.

De fato, teremos cultos poderosos, pois a ordem de Jesus não mudará: Os enfermos serão curados, os demônios serão expelidos, os leprosos serão limpos, e os mortos ressuscitarão! São verdades incontestes, e esse poder entrará na sua casa. Porém, aqui estão dois comandos:

1. A chamada do ministério apostólico.

2. A missão da Igreja de não se esquivar na operação dos sinais do Reino.

Os Apóstolos com sinais, prodígios, maravilhas e milagres, e a Igreja na operação da sua chamada, em libertar, curar, limpar e ressuscitar! Podemos dizer que se essa fusão estiver em plena operação, o sobrenatural virá.

Não diria que será comum, mas os ministérios, indistintamente, serão tomados em um sobrenatural e essas coisas acontecerão em cada reunião. E em cada celebração, o Cristo ressurreto entrará majestoso e haverá, no Espírito Santo, as operações conjuntas aqui descritas. Essas são as faces do sobrenatural que conhecemos, e ficamos impactados, felizes, restaurados quando vemos que Deus está cumprindo a Sua promessa e Palavra. É, de fato, a hora de Deus!

Somos um povo dentre o povo, somos diferentes e, por isso, estamos decididos a viver este sobrenatural, fazendo a diferença, arrancando do cativeiro o cativo, abrindo prisões dos presos, dando luz aos olhos dos cegos, devolvendo a alegria de andar, trazendo de volta o sentido da vida. Isso está acontecendo! Temos visto isso, porém queremos a globalidade disso acontecendo em todos os lugares ao mesmo tempo, e uma explosão de poder tomando a nossa vida, a liderança, os discípulos, para penetrarmos com este poder nos porões da humanidade.

Você me perguntaria: Meu Apóstolo, como isso é possível? Estamos trabalhando nestes dias o caráter da Igreja, a devolução da credibilidade e veremos que é possível vivermos a plenitude de Cristo. Sabemos que algo novo está por acontecer e chegou a hora de vermos nascer o Brasil e as Nações que tanto esperamos. Chegou a hora do Brasil! Não obstante a tantas profecias, atos proféticos, resultados plausíveis, temos uma Nação com muito a aprender, e líderes por muito a se unirem para uma tomada imediata.

Claro que não nos importa somente números, a evangelização fazendo sua parte, trazendo milhões de vidas para o Reino, estratégias poderosas, mas o que eles farão se não tiverem uma meta, um projeto, uma chave? Estive em África e vi milhares e milhões de cristãos em uma só cidade, que não sabem para onde vão; a única rota que conhecem é de casa para a Igreja e da Igreja para casa, e a vida se resume literalmente nisso. Isso pode ser bom, mas não é tudo.

Movendo-nos no Sobrenatural

O que nos espera? Como filhos de Deus e líderes de avivamento, temos propostas, sonhos, missões para cumprir. Nossa batalha e lida é para mudança radical, é para que um povo que estava à míngua, sem expectativa alguma, com duas classes: a dos poderosos mandantes e a dos súditos mandados, seja transformado.

Se olharmos para nós mesmos, veremos que nós não somos quem éramos. Explodiu algo, foi extremamente veloz. Deus agiu por nós, saímos do opróbrio; nasceram esperanças e ressuscitaram sonhos. Todos entraram em níveis diferentes, e eu diria: o sobrenatural nos alcançou!

Continua…

Fonte:
www.mir12.com.br

Author: admin

Deixe uma resposta